(11) 3208-1850

Instituto Ser + participa da Expotec 2018 e apresenta aplicativo que simula entrevistas de emprego

26/10/2018 Noticias

Durante o evento, o instituto apresentou o aplicativo Go2Job e realizou o cadastramento dos estudantes para as vagas disponibilizadas na região

Aconteceu, entre os dias 30 de agosto e 1º de setembro, a Expotec 2018, iniciativa da Fundação Instituto de Educação de Barueri (Fieb), no Ginásio Poliesportivo José Corrêa, na cidade de Barueri (SP). Para o Superintendente da Fieb, Luiz Antônio Ribeiro, o evento serve para o aluno conhecer a sua real vocação. “O jovem chega aqui e encontra um espaço para tirar dúvidas, conhecer a prática das profissões, informar-se sobre cursos e programas disponíveis. Isso é muito gratificante”, considera.

O Instituto Ser + fez parte do evento em parceria com a Accenture Brasil. Na ocasião, a entidade apresentou o aplicativo Go2Job, criado em parceria com a Accenture do Brasil, e que tem como objetivo preparar jovens que buscam sua primeira oportunidade profissional. Durante os três dias de feira, os estudantes que passaram pelo estande do Instituto puderam, além de conhecer os cursos oferecidos, se inscrever para vagas de jovens aprendizes disponibilizadas na região.

Go2Job é uma plataforma on-line e gratuita, desenvolvida pela Accenture, com apoio da Softex, Junior Achievement, Rede Cidadã e do Instituto Ser +. A ferramenta tem formato de game e oferece informações e dicas sobre como estruturar um currículo, vestimentas adequadas para cada ambiente de trabalho, atitudes desejadas no mundo corporativo, gerenciamento de tempo e como se comportar no seu primeiro dia de trabalho, além de simular entrevistas de emprego.

A proposta de conteúdo da ferramenta foi desenvolvida e pensada cuidadosamente, com base nas experiências vivenciadas pelo Instituto Ser + com o público jovem. “A proximidade diária com a vida e situação desses jovens nos permitiu criar um programa de conteúdo que realmente atendesse as demandas especificas de cada um deles. Promover o desenvolvimento pessoal, social e profissional do jovem em vulnerabilidade social é a nossa missão. Por isso, iniciativas como essa são tão importantes para nós”, afirma a diretora executiva do Instituto Ser +, Wandreza Ferreira.

Gustavo Oliveira, gerente de Cidadania Corporativa da Accenture no Brasil, explica que este é um projeto que faz parte da missão social da Accenture e tem como meta auxiliar três milhões de pessoas até 2020 a conseguir um emprego na economia digital. “O game foi todo pensado partindo das dúvidas dos próprios jovens. Em parceria com a Ser+ e outras ONGs, entendemos quais os questionamentos, para que assim conseguíssemos de fato fazer a diferença. O Ser+ é um parceiro fundamental nesse processo, pois possui grande conhecimento e alcance sobre os jovens nessa etapa de carreira”, explicou.

Programas In Company

Desenvolver projetos sociais para juventude em parceria com empresas privadas faz parte do portfólio de programas e projetos do Instituto Ser +, que busca, por meio de sua metodologia social, capacitar jovens em vulnerabilidade para que possam ser protagonistas de suas vidas. Trata-se de uma metodologia própria, testada desde 2007, que trabalha de forma transdisciplinar três pilares fundamentais para o desenvolvimento do jovem: o autoconhecimento, a autoestima e a descoberta do talento, com base num modelo de formação cidadã.

Batizado de Projeto Start, o programa realizado entre o Instituto Ser + e a Accenture, que acontece desde 2015 e faz parte do programa in company da ONG, também foi evidenciado durante o evento. “Este ano, em média, 140 jovens participaram das capacitações”, diz Débora Isis, responsável pelo Marketing Institucional e Mobilização de Recursos do Instituto Ser +. “Aqueles jovens que não conseguem ocupar vagas na Accenture, são encaminhados para outras empresas da região”, garantiu.

Natália Cândido, de 20 anos, que depois de participar do programa foi contratada pela Accenture, hoje atua como Assistente da Equipe de Cidadania Corporativa na empresa. “Foi uma oportunidade incrível. Eu havia acabado de chegar do Rio de Janeiro, estava desempregada e sem saber como procurar. Eles me ajudaram muito encontrar uma oportunidade no mercado”, comenta.

Já a estudante Letícia Ferreira, 17 anos, que também mora em Barueri e compareceu à feira em busca de cursos, informações sobre as profissões, entre outros interesses. “Para a gente é muito interessante, afinal, ainda não sabemos bem qual carreira seguir. Lugares como este, no qual encontramos orientação, fazem toda diferença”, diz. Já Stênio Ribeiro (18), fala da dificuldade em decidir a profissão. “Meus pais, por exemplo, não tiveram muitas chances no mercado de trabalho, pois não completaram o ensino médio. Eu vejo que eventos como este oferecem a possibilidade de fazer diferente e complementar a educação formal com cursos técnicos, por exemplo”, falou.

Para Débora, do Instituto Ser +, participar do Expotec 2018 está sendo muito importante para a instituição “Como temos empresas parceiras em Barueri, queremos que os estudantes da cidade conheçam as vagas da sua região”, finaliza Débora.

 

Sobre o Expotec

 

O evento, que é organizado pela Fundação Instituto de Educação de Barueri (Fieb), está na sua segunda edição e oferece atividades como apresentações, oficinas, dinâmicas e exposições, com o objetivo de auxiliar os jovens na solução de dúvidas, como qual o perfil que o mercado de trabalho deseja ou, ainda, currículos pedagógicos dos cursos, entre outras atividades. Entre as novidades dessa edição, se destaca a ampliação da infraestrutura, que contou com 26 estandes, palco com atrações culturais que ocorrem ao longo dos três dias do evento, espaço exclusivo para palestras com especialistas em diversas áreas, além de praça de alimentação. Todos os cursos ofertados pela FIEB tiveram espaços destinados para apresentação, bem como os trabalhos desenvolvidos por professores e alunos.